Posted in Design

Action Sript // Flash

Olá!

Então,  meu chefe me deu uma aula básica de Action Script2.

A primeira coisa que eu vou colocar aqui é sobre includes no Flash.

Acredita?! Include funciona no Flash!!!!

A primeira instancia, eu sei que o include funciona para arquivos as(action Script), mas acredito que haja mais uma variedade de documentos que possam ser incluido num arquivo Flash, principalmente para desenvolvedores de Web (que provavelmente já sabem isto, e com certeza sabem de outras extensões de arquivos que possam ser incluidos).

Enfim, o include no AS2 funciona assim:

você coloca a tralha (#) e a palavra include e o nome do arquivo entre aspas,

ficaria assim:

#include “meuArquivo.as “

Um detalhe interessante que meu chefe me chamou atenção, é que na linha em que você colocar o include no action, não pode mais inserir nada depois. Ou seja, se você colocar o #include   “arquivo.as” Nada pode ser escrito na frente, na mesma linha, somente o include.

Ok

Outra coisa que eu quero registrar é como fazer com que o action interaja com um arquivo XML. Pelo menos da forma que ele me explicou, pode haver outras maneiras, mas eu desconheço. Sem contar que aprendendo uma forma, talvez até facilite outra, não é mesmo?

A primeira coisa é criar uma variavel e declarar que ela é um XML.

????????? Hã??

… Opa!

Vamos começar de novo, no action, quando se cria uma variavel, é sempre bom declararmos o que é esta variavel, e no flash a gente declara com ” : “.

Exemplo:

Eu quero criar uma variavel que vai funcionar como um MovieClip,  então…

var exemplo:MovieClip = XXX;

Note que não há espaço entre os dois pontos e a definição da variavel.

Pronto, agora que já sabemos como  declarar no flash qual é o tipo de váriavel, vamos continuar com o XML

Então, criamos uma variavel para o XML:

var minhaVariavel:XML  =  new XML ();

exemplo.ignoreWhite = true;

exemplo.load(“arquivo.xml”);

Pronto, a XML está inserida no action.

Note que a segunda linha, ela se refere ao espaço em branco do arquivo XML, ele fala para ignorar o espaço em braco (ignorar espaço em braco = verdade). Caso isto não seja feita, o espaço sera considerado como um caractere, e o arquivo não será lido corretamente.

Observe que para eu falar sobre uma determinada variavel, ou até mesmo para falar de um determinado objeto, eu escrevo o nome deste objeto/variavel ou o que eu estiver me referindo,  coloco um ponto e escrevo o que tem q acontecer, ou onde eu quero chegar. É como se eu falasse: Marina é bonita, então eu digo no Action desta forma: Maria.bonita. Ou se eu quiser falar sobre um endereço em São Paulo:  saoPaulo.ruaDasOrquideas.

Deu pra entender onde eu quero chegar?

Na terceira linha referente a identidade da variavel, eu digo que a variavel faz o load(carrega) o documento arquivo.xml . A partir de agora eu posso acessar as informações contidas no XML.

Então, para eu mostrar como acessar, é legal que você conheça a estrutura básica de um arquivo XML. Caso não conheça , aqui tem uma explicação e um exemplo básico de um arquivo XML.

Então, para acessar a estrutura do XML, eu aprendi que temos que criar uma variavel com o valor do primeiro campo/nó (campo/nó mãe”) do arquivo:

campoXml =  minhaVariavel.firstChild.childNodes;

Pronto! Está Criada a váriavel!

Explicando a estrutura aqui em cima,  não foi preciso definir o que tipo de váriavel é esta (eu também não sei quando se define ou não, vou perguntar ao meu chefe e depois posto aqui). E note também que eu uso a variavel do XML, dentro dela eu acesso o “primeiro Campo”(first.Child), que é o campo mãe que eu citei acima, e depois eu acesso os nós do XML.

Para acessar cada nó separadamente, como por exemplo, eu quero acessar o que está escrito no primeiro nó do arquivo. Então eu digo:

campoXml.childNodes[1].childNodes[0].nodeValue;

O que eu fiz acima foi o seguinte: eu acessei a variavel com os campos XML, acessei o nó da posição 1 (o primeiro nó), dentro da posição 1 eu acessei outro nó para dizer que eu quero o valor do nó. Na verdade, não existe o nó seguinte, mas eu tenho que declarar mesmo um nó a mais. É como se eu dissesse a ele, você vai até a casa da Sophia, na casa da Sophia, você vai mostrar isto.

Para acessar um caracteristica dentro de um nó do XML da posição 2, por exemplo, você faz assim:

campoXml.childNodes[2].atributes.id;

O que eu fiz acima foi chamar o nó que eu queria e dizer que eu quero (alterar, por exemplo) o atributo chamado ID.

Bem Eu tenho que postar muito mais coisas por aqui, talvez o post venha ainda hoje , ou talvez amanhã… né?

fui!